2016!

“Já não sei se é saudade
Ou o costume de pensar em você
Todo momento bom me traz seu rosto
E é impossível não perceber
O que sinto…

Eu vou levando, eu vou vivendo, eu vou sorrindo, eu vou chorando,
Eu vou te vendo de longe, eu vou te olhando de longe
Só pra saber se vale a pena ficar por aqui ou se eu vou embora”

2016 foi conturbado. Um ano de despedidas.

Eu me despedi das aulas da graduação! Tive minha última aula em novembro, e a partir de agora só vou ter atendimento na clinica, supervisão e TCC.

Eu me despedi de vários pacientes. Carlinhos, Duda, Eric. Espero que continuem evoluindo.

Eu me despedi de traumas do passado.

Me despedi daquele que foi meu último erro.

Eu vou sentir falta de 2016.

Das pessoas que conheci.

De quem eu traí quando tomei decisões.

Não me arrependo.

Mas ainda dói.

Não tenho expectativas pra 2017. Espero que o processo acabe bem. Não sei o que realmente quero que aconteça quanto a isso, mas a decisão que for tomada pelo juiz será bem vinda. Eu lavei minha alma quando denunciei. Isso nenhuma sentença anulada pode tirar.

Eu vou me formar em 2017! Tenho medo do que vai acontecer quando dezembro chegar. Das responsabilidades, formatura, incertezas. Tenho medo do TCC, dos relatórios finais, da pós graduação que eu pretendo já fazer. Mas to confiante! Nenhuma DP até hoje, meu ritmo será mantido.

Juju meu parceirinho, since 2009, continuará do meu lado, pro que der e vier. Não há dúvidas.

Eu to feliz. A vida segue pra mim, afinal as contas vão chegar…

Vem com tudo 2017!