٭ Spica ٭

Não teve um único dia em que eu não pensei em você. Um mísero dia em que você não fez parte dos meus pensamentos me causando dor.

Eu treinei muito pra quando nos víssemos de novo. Eu sabia que esse dia chegaria. Treinei, rezei pra ter forças, idealizei, mas quando aconteceu eu só consegui fugir. De você, do seu sorriso, da sua presença. Eu só consegui fugir porque eu não conseguiria nada mais perto de ti. Dois passos a mais e eu não poderia me segurar, você sabe disso. Eu percebi que ainda te amo mais do que meu coração aguenta.

Procurei Júpiter no meu último dia em São Carlos. Provavelmente tu nunca vai saber disso, mas eu procurei. Meus amigos ficaram irritados, não souberam me mostrar qual a estrela mais brilhante. Eu chorei.  Senti falta… de ti e do dia que você todo paciente me mostrou as constelações e junto disso escolhemos aquela que seria a nossa estrela. Do ladinho de Júpiter. Eu não a vi, mas rezei por ele e por nós, e a energia que senti foi tão forte. Tudo voltou num baque só. Eu procurei por você na multidão, porque quis te falar que eu te perdoo.

٭٭٭

Dois meses depois, eu ouvi sua voz novamente. Numa ligação descompassada, errada, dolorosa. Eu te contei a verdade e doeu muito. Mais me mim do que em você. Ouvir seu choro… Eu não sabia se aguentaria muito tempo. Quis fugir de novo, mas não pude. Sua presença preencheu tudo por pouco mais de 40 minutos, e foi o suficiente pra trazer tudo de volta. Com força máxima. Eu te amei como nunca e percebi que sem você estou incompleta. Que você é o motivo maior de eu não conseguir mais sair e me interessar por ninguém. Eu mudei pra sempre de um jeito irremediável, irreparável. Dói saber que nunca mais seremos um do outro, que as escolhas que eu fiz naquele quatro de outubro vão refletir pra sempre na tua vida e na minha também. Não podemos ser. Eu escolhi isso de forma espontânea e certeira. Acho que no fundo sabia que sendo tua, não poderia ser eu mesma. Então eu fiz o boletim de ocorrência. E te contei com toda covardia do mundo, porque foi isso que eu me tornei. Fui firme como nunca havia sido contigo. Eu espero que você me perdoe. Eu acho que não te perdoei ainda.

٭٭٭

Uns bons meses se passaram. Eu não sei de mais nada que envolva sua vida. Nosso último contato foi tão rápido e confuso que eu ainda não assimilei. Fui grossa e me arrependo muito. Acho que tu nunca vai saber o turbilhão de coisas que acontece quando você volta, da forma que for. Por isso eu tento te manter longe, toda vez. Eu ainda não sei lidar.

Eu sei que daqui uns meses nos veremos novamente. Sei também que vai doer muito. Como sempre dói quando eu penso ou falo de ti. Mas… você sempre disse pra eu ser forte. Eu tenho tentado ser. Não é fácil, mas as coisas estão caminhando. Um dia após o outro eu tenho tentado seguir cada um dos seus mil conselhos. Você foi um dos anjos que eu tive o privilégio de conhecer e rezo para que um dia possa me perdoar. Tudo que eu fiz, daquele último dia em diante foi pensando em mim, como você sempre me disse pra fazer. Eu denunciei nessa intenção. De superar o insuperável. Não adiantou muito, mas meu coração pôde ficar em paz. Tu entende? Eu te expliquei naquela ligação difícil, mas acho que é uma das mil coisas que vão sempre ficar confusas entre nós.

Foi por mim, só por mim.

Anúncios

About time

Somos feitos de erros.

Li isso certa vez.

Achei que nos definiu muito bem.

Nós de fato, somos feitos de erros.

Em um intervalo minúsculo de dois meses conseguimos estragar tudo que nos foi dado pela vida.

Você se arrepende?

Eu acho que não.

Eu me arrependo.

Mas você já sabe disso.

Eu me arrependo e não entendo. Não entendo nós e esses nós que se formaram depois que nos separamos. É tudo confuso e arbitrário. Acho que nunca vou aceitar direito o que houve, por mais que a gente já tenha acertado os pontos mil vezes. Eu defini uns dias atrás que te odiava. Odiava muito. E que você não merecia meu perdão. Mas hoje acabei sentindo sua falta. As saudades as vezes aparece sem avisar né? Eu pensei muito em ti, naquele nosso último dia, nas estrelas que eu nunca mais consegui achar. Me dei conta que eu talvez tenha estragado tudo com toda essa história, mas que disso não me arrependo. Sei que estou fazendo isso por mim, somente. Eu até me permiti ficar um pouco feliz, apesar das saudades imensas que invadem meus pensamentos hora ou outra.

A gente sabia que se perderia dessa forma?

Hoje eu refleti como há tempos não fazia. Lembrei das promessas que foram em vão.

Lembrei do quanto sofri quando você foi embora. O quão foi difícil te olhar partindo, naquele metrô cheio, sabendo que não nos veríamos mais, nunca mais.

Lembrei que prometemos nos falar em todos os natais, daqui até a eternidade, e que provavelmente esse vai ser o primeiro de todos combinados que não vamos cumprir.

O quanto eu te quis de volta, junto com as ligações e os carinhos… E me dei conta que sua presença que me manteve viva naqueles dois meses de horror. Tu foi mais que meu amigo, você sabe não?

Por outro lado, eu nunca cresci tanto como quando paramos de nos falar. A dor foi tão grande. Eu quase não levantava da cama… Ai parei de responder suas mensagens, tentei ignorar sua existência mas chorava todos os dias de saudades. Achei que nunca mais passaria por algo igual. Não acreditava que um dia fosse ficar em paz de novo.

Hoje eu senti saudades de alguém tão sábio me aconselhando…

Eu quase pude me arrepender pelo que fiz com você.

Se eu te encontrasse eu te diria todas as coisas das quais não falei desde que nos vimos pela última vez. Eu te falaria que você me deu um dos grandes presentes da minha vida. Que sempre lembro de você com carinho, ainda que seja em segredo. Que não me importo com o que os outros pensam. Que eu ainda te procuro com o olhar quando vou na rodoviária, que deveria ter respondido sua ultima mensagem, que você é uma das melhores coisas que já me aconteceu. Você me fez crescer como ninguém. Eu devo tanto da minha maturidade a você. Te pediria desculpas por não mandar mensagem no natal e pelo processo iminente que vamos passar em 2017.

A vida seguiu sim. Mas de uma forma tão imprevisível que está cada dia mais dificil.

As vezes eu fico pensando se algum dia eu vou superar…

Você continua me dando forças. Eu sinto. Acredito muito nas coisas boas que estão pra acontecer contigo daqui pra frente. Peço perdão por todas as ruins. E queria que você soubesse que eu te amo muito, por mais que não pareça.

Mas me amo em primeiro lugar.

.

“A solução é ficar de pé e não olhar pra trás.

Todo mundo sabe o que é melhor pra si.

Da sua mão posso me soltar, vai ser melhor assim.

Deixa o tempo te acompanhar.

A tua ausência é quase um favor.”

 

Sobre café e você

Nós podemos mudar o futuro? Alterar cada passo do que vivenciaremos, daquilo que estamos caminhando?

Uma vez ouvi numa aula algo como se um dia pudêssemos mudar o passado ou deixa-lo intacto, tal escolha expressaria o que somos no presente.

Nossas escolhas dizem nosso caráter. Eu escolhi coisas das quais não estava pronta, já te disse isso?

Não há um dia que não pense em ti.

Mas…

Há um dia que tu não pense em mim?

Eu sei a resposta.

Eu me considero uma pessoa de sorte. Te encontrei perdido por aí e mudei. Pro bem ou pro mal, eu mudei, não há como negar. Há passos falsos em meu caminho hoje, eu vou andando aos tropeços, tentando me lembrar de suas palavras, pois elas fogem da memória cada vez mais.. tentando lembrar do seu sorriso, de como você me ensinou tanta coisa e como eu prometi pra mim mesma que nunca esqueceria de ti.

Eu te magoei, eu sei. Escolhas que definem nosso caráter…

Eu precisava tanto de você nesses dias difíceis, que pensei por um segundo em te ligar. Só ouvir sua voz, respirar um pouco contigo durante uma ligação. As coisas são mais complicadas do que imaginamos, não? Eu prometi te contar sempre que as coisas forem meio impossíveis, mas e quando as coisas se tornam rasas, superficiais?

Eu rezei ontem. Por ti, por nós, por ele. Tu sabe, né?

Eu te amo e sinto saudades mais do que do seu beijo, abraço e carinho. Eu sinto saudades da sua sobriedade em conversar, da sua disposição, da sua razão. Tu sempre sabia o que fazer, sempre. Eu sinto falta disso. Desse norte que tu sempre me deu.

Eu precisei de você diversas vezes, me tornei dependente, porque sozinha é foda decidir as coisas. É foda sacudir a roseirinha, as coisas ficam perdidas e meu cérebro é só confusão. Eu queria que as coisas se encaixassem melhor.

Lembro de Junho do ano passado, que tudo era tão complicado, nossa situação e etc, e qualquer coisa que você fazia me deixava bem. Eu lembro como eu queria que tudo passasse e quando passou eu quis que tudo voltasse.

Fiquei meio dependente de ti e isso não passa nunca.

Você acha que é possível mudarmos as pessoas?

Que um dia elas acabam parando de nos magoar?

Eu perco a fé cada dia um pouco mais. Pensei hoje que eu tenho vivido só por viver. Perdi tudo que havia dentro de mim de lá pra cá, e to num vazio enorme. Eu queria te interpretar melhor, como diz a música.

Será que um dia conseguirei respirar direito quando olhar pro céu?

Tudo isso é sobre o tempo que passamos juntos.

Eles não saem de mim nunca.

É sobre a força que eu deixei de ter quando tudo acabou.

É sobre eu querer de volta aquilo que é impossível.

É sobre eu não ter superado e ter tentado superar com as escolhas erradas.

É sobre eu ter sido grossa da última vez que nos falamos.

É sobre eu ter te desejado mal em vários momentos.

É sobre eu estar perdida.

É sobre eu querer você bem, mais do que nunca, mais do que tudo.

É sobre eu ter rezado por ti hoje, ontem e sempre.

É sobre eu querer ouvir tua voz, e essa vontade ser insuportável.

É sobre eu não ter pra quem dizer todas essas palavras e não poder falar contigo, porque um processo corre ai e estamos judicialmente impedidos de conversar.

Me desculpa por isso.

Eu te escrevo sempre, mas nunca mando. Um dia nós dois seremos só uma lembrança aqui e essas palavras se tornarão nulas. Você tem medo disso?

Eu tenho medo de te causar mal.

Eu queria que você ficasse bem.

Eu sinto que estou ficando um pouco mais apática a cada dia que passa. Que estou perdendo cada vontade e desejo de fazer as coisas, eu sinto que só você poderia trazer tudo de volta, mesmo que nada possa voltar.

Eu falo muito de passado, sempre. Eu vivo do que passamos. Em breve vai fazer um ano, né?

Você promete ser feliz? Eu quero que você seja.

Promete se formar, ter uma família linda, continuar com esse sorriso?

Eu prometo te olhar de longe, te cuidar de longe, torcer por ti.

Prometo estar aqui, forte, do jeito que você quis que eu ficasse. Prometo tentar todos os dias de minha vida superar sua passagem. Prometo.

Júpiter tá lá. Eu te disse que consegui finalmente encontra-lo? Eu olho para ele todos os dias.

Estamos juntos, mesmo que longe. O céu é o mesmo afinal.

Estamos juntos. Cê sabe.

Eu te amo mais do que a minha própria vida.

Espero que um dia possa me perdoar.